Janeiro 2011

SÁBADO, 8

18h00

FILIPE DO CARMO FRANCISCO

apresenta o livro

(Ed. Tribuna da História)

Esta obra analisa a Carreira Pública de D. Pedro Miguel de Almeida Portugal – 3.º Conde de Assumar (1733) e 1.º Marquês de Castelo-Novo (1744), título mudado ainda em vida para Marquês de Alorna (1748). O Marquês irá desempenhar um importante papel como chefe militar e como actor político na Restauração do enfraquecido Estado Português da Índia, vindo esta Família no inteligente uso de todo um capital público e cultural a conquistar uma posição proeminente na Corte Portuguesa.

O livro aborda dois conceitos-base – Guerra e Cultura. Estes dois conceitos têm duas dinâmicas complementares: o serviço e o benefício, a Glória do Monarca e a Honra do Nobre na sua realização mais plena no século XVIII. A Guerra, no âmbito mais pragmático da concretização política, com a estratégica e capacidade de organização operacional que lhe são essenciais e também as suas representações simbólicas. Cultura, nas suas realizações manuscritas e impressas numa época em que se redefiniam os seus técnicas de produção e a capacidade de penetração na Sociedade Letrada

AGENDA