Dezembro 2010

SEXTA-FEIRA, 10

21h30

PEDRO DE ANDRADE

apresenta o livro de

RICARDO CAMPOS

(ed. FIM DE SÉCULO)

O graffiti contemporâneo é um fenómeno tipicamente urbano. Ao percorrermos diferentes cidades somos permanentemente surpreendidos por signos enig­máticos e personagens coloridas que nos espreitam dos lugares mais inusitados. Certamente já muitos se interrogaram sobre o seu sentido e o seu propósito. Este livro pretende responder a estas questões. Baseado numa investigação realizada recentemente, procura compreender as práticas, motivações e representações dos jovens que pintam as nossas cidades .

Ricardo Campos

Doutorado em Antropologia, é actual­mente investigador no Laboratório de Antropologia
Visual do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais (Universidade Aberta). Tem desenvolvido investigação em torno das culturas juve­nis, do graffiti e do uso da imagem em ciências sociais, tendo diversos artigos publicados sobre a temática

Pedro de Andrade

Doutor em Sociologia da Cultura pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Professor na FBAUL. Investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, FCSH-UNL. Coordenador dos projectos de investigação ‘Comunicação Pública da Arte: o caso dos museus de arte locais/globais’ e ‘Literacia Científico-Tecnológica e Opinião Pública: o caso dos Museus de Ciência”, ambos apoiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Lisboa. Coordenação científico-técnica da obra recentemente publicada 'Arte Pública e Cidadania: novas leituras da cidade criativa'. Membro do Conselho Editorial da Revista de Comunicação e Linguagens' do CECL. Membro do Comité de Rédaction da revista LORETO, do Ministère de la Culture e Université Libre de Bruxelles. Director da revista Atalaia.

AGENDA