JANEIRO 2012

ANTÓNIO FERRA

ArtWork

MARIAS PARDAS

Inaugura Sábado, dia 7, às 19h00

 

ANTÓNIO FERRA Mantém simultaneamente a actividade da escrita e da expressão plástica, como complementaridade, ambas com cerca de quarenta anos de experiências diversas, tendo começado a participar em exposições colectivas em 1970. Além de trabalhos de ilustração, e de construção de objectos, destacam-se algumas das manifestações mais recentes: no concelho de Sintra, onde tomou parte em várias amostras, salientando-se, em 2004, “Transparência Mínima”, no Espaço Casal de S. Domingos; em 2009 “Recortes do Tempo” na “Casa da Cultura da Trofa”; “Ur banismos”, no “espaço ponto e vírgula”, em Torres Vedras e em 2010 na galeria da Livraria “Círculo das Letras” onde tem realizado outros eventos. A sua actividade de amostragem é escassa em função da produção, e fora de circuitos comerciais.

«Desde os finais dos anos sessenta que vou fazendo e olhando, olhando e fazendo de novo, experimentando e readaptando atitudes e técnicas. É esta a minha formação contínua. A aprendizagem da expressão plástica – e a invenção – situou-se exactamente ao mesmo nível da expressão escrita: para encontrar o meu próprio caminho, vejo o que os outros fazem, leio o que os outros escrevem, interrogo-os e interrogo-me (sinto-me mais livre a desenhar do que a escrever, para mim as imagens são anteriores às palavras).»

                                                                                                                                 AF

Em Março de 2011 foi apresentado no Teatro “A Barraca”, o meu livro “Marias Pardas”, prosa poética, publicado pela editora &etc. A obra inclui imagens em tons de sépia, que tentei conjugar com o texto em fragmentos, ele também impresso na mesma cor pardacenta.
Foi um trabalho de imagem/texto realizado quase em simultâneo, tendo as imagens sido criadas inicialmente em tons e carmim e o negro da tinta-da-china. Em seguida foram trabalhadas no computador com um programa que me permitiu obter o efeito final, tal como aqui se apresentam.
Naquela sessão de apresentação, e de acordo com a Fabula Urbis, anunciei que esses trabalhos seriam expostos neste mesmo espaço.
Aqui ficam, numa partilha mais completa com os que participaram naquele encontro e com todos os outros que queiram simplesmente olhar.

Nota - De cada imagem fiz três exemplares. O nº I está na minha posse e não é exposto. Os outros são o nº II em III (II/III), havendo dois casos de número III (III/III), uma vez que o II está já na posse de alguém.

                                                                                                                                                                    António Ferra

exposições..