Maio 2017

DANIEL VIEIRA

Etnografias

DESENHOS E PINTURA

2 de Maio a 24 de Junho

Daniel Vieira pertence a uma geração histórica que nos conduz lentamente de um modernismo tardio a uma arte contemporânea que nos consome com a sua tecnologia.   Os costumes e ícones que nos precederam começaram a desvanecer-se depois da segunda guerra mundial.   No entanto, essas memórias e a nostalgia que as acompanha, essas imagens humanas e ambientes de vivência, continuam irremediavelmente a converter-se na nossa história imediata. Essas imagens na obra artística de Daniel Vieira são as que me interessam apresentar nesta pequena exposição retrospectiva.  Através dos seus desenhos e pinturas, ele manteve um diário, uma documentação gráfica, que manterá viva, hoje e no futuro, a essência do comportamento humano no seu território natural, o ambiente das suas vivências e modo de vida.

Daniel Vieira é um artista importante que se manteve na vanguarda da arte moderna, documentando de forma consistente, ao longo de mais de 50 anos, e assim mantendo vivos, através da sua obra gráfica, aspectos do desenvolvimento humano e nível de vida no meio rural, em pequenas cidades e em grandes urbes.  
Vieira mantém contacto com as novas técnicas : gravura, colagens, fotocópias e fotografia digital, para além da escultura pintura e desenho tradicional.

A exposição integra trabalhos em grafite sobre papel e pinturas sobre tela. A cor é monocromática, com domínio dos tons branco, cinza e negro.
Esporadicamente, aparece alguma pincelada de cor e a superfície da tela mostra texturas que evocam a passagem do tempo e a intemporalidade.

Rolando Castellón*

 

* Curador independente; ex-curador do San Francisco Museum of Modern Art; ex-curador do Art Museum of University of Califórnia - Santa Cruz; ex-curador-chefe  do Museo de Arte y Diseño Contemporáneo (São José, Costa Rica)

Agenda..