Julho 2010

HÉLIA ALUAI

8 de Julho a 18 de Setembro

A exposição “Nós somos quem sois” apresenta uma recente selecção dos trabalhos de Hélia Aluai pautados pelo valor plástico da linha solta dos seus desenhos de figuras femininas.
Trata-se de um desenho a tinta da china, suave e denso em simultâneo, que tanto surge na leveza de um traço único que escorre até se adensar numa mancha única e envolvente. Através do percurso da linha liga o todo da figura, desde o cabelo, passando pelo rosto, escorrendo pelo corpo, até formar uma veste negra que acompanha a presença de cada uma das mulheres. A temática do Fado surge como natural em figuras cujo princípio é a do destino de quem mantém sua verticalidade face á sua condição de mulheres. Envoltas no que pode ser tido como um xaile, que as envolve, as esconde, que as acolhe mas que também as faz perderem-se na obscuridade. A expressão de olhos fechados é reveladora também dessa mesma condição, não se vislumbra nelas tristeza nem alegria mas mais uma atitude de quem resguarda o sentir, um sentir que vem de dentro e que os mesmos olhos fechados ocultam. Podemos entoar também o canto da mulher portuguesa, alma de fadista que contrasta com outras condições em outros cantos do mundo. Em segredo, em silêncio, mesmo que a voz lhes doa, permanecem no seu universo social como canas ao vento, inquebráveis, mas balançando em movimentos de mil e uma direcções, trabalhadora, intelectual, artista, fadista,… filha, mãe, mulher.

                                                                                                                                                               Cristina Sevla

exposições..