Setembro 2018

ISABEL BOMBA

Pintura

ROMANCEIRO

de 1 de Setembro a 31 de Outubro

ISABEL BOMBA nasceu em Lisboa no mês de Maio de 1949. Em 1975 terminou o curso de Pintura na Faculdade de Belas Artes de Lisboa.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1981 – “Isabel Bomba, Lápis de Cor, papeis Colados, Tinta sobre Papel”, SNBA, Lisboa
1986 – “Pintura”, Claustros da Pousada do Castelo de Palmela
1987 – “Pintura”, Antiga Ermida de Nossa Senhora da Conceição, Lisboa
2002 – “Cor, Som, Pintura”, Galeria Arte na Villa, Cascais
2007 – “Ecos da Visão”, Sua Excelência Tabacaria, Lisboa
2009 – “Percursos do Olhar”, Fabula Urbis, Lisboa
2011– “5Pedras5Cores”, Fabula Urbis, Lisboa

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS

1977 – “O Papel como Suporte”, SNBA, Lisboa
1978 – “Exposição Nacional de Jovens Artistas”, SNBA, Lisboa
1979 – “Colectiva”, Galeria Opinião, Lisboa; “Panorama das Galerias”, Galeria de Arte Moderna, Belém, Lisboa ; “XVIII Prémio Internacional de Dibuix Joan Miró, Fundação Miró, Barcelona, Espanha; “Seo de Urgel”, Espanha
1980 – “Sociedade Portuguesa Hoje”, SNBA, Lisboa;  “Exposição Jovens Artistas”, Casa da Cultura, Caldas da Rainha ; “Desenho e Gravura”, SNBA, Lisboa; “Ar Tilha”, Funchal. Madeira;“Oito Artistas”, Galeria S. Francisco, Lisboa; “Lisboa” (exposição temática colectiva) Palácio da Foz, Lisboa; II Bienal Internacional de Vila Nova de Cerveira
1981 – 2º Salão de Abril, Museu Municipal de Torres Vedras
1982 – 3º Salão de Abril, Museu Municipal de Torres Vedras; “O Papel Como Suporte”, SNBA Lisboa; “Pintores da Estremadura de Hoje”, Palácio D. Manuel, Évora; III Bienal Internacional de Vila Nova de Cerveira; II Internacional de Jugendtrienal, Nuremberga, RF Alemã Lausana, Suíça
1983 – 4º Salão de Abril, Galeria Nova, Torres Vedras; “Artistas da Galeria Nova”, Palácio D. Manuel, Évora; “Animação Termal”, Casa da Cultura, Caldas da Rainha; “Arte Portuguesa”, SNBA, Lisboa
1984 – “Largos Horizontes”, SNBA, Lisboa
1985 – “A.I.C.A.”, SNBA, Lisboa
1995 – Expoarte, Odemira
1996 – Expoarte, Odemira
1997 – Expoarte, Exposição Itinerante no Alentejo
1999 – “Cartas para Fernando Pessoa”, Painel Comemorativo do 111º Aniversário do poeta, Exposição Itinerante

COLECÇÕES

Isabel Bomba está representada em diversas colecções particulares e no Museu de Arte Contemporânea de Nuremberga na Alemanha.

Entre memórias de azuis, janelas de luz dourada e vibrantes matérias, desenrolam-se as Estórias que Isabel Bomba nos relata em manchas de emoção e apontamentos lineares de enorme sensibilidade.
A estória de uma vida, dedicada à sua mãe, evoca a fruição do instrumento e da musica, de que tanto ela gostava e a ligava a uma ténue linha de vida.
A repescagem da sua produção, traz-nos um novo enfoque sobre as estórias de vibrantes emoções, onde as manchas de tinta dão lugar à densa presença de materiais cintilantes mantendo-se os detalhes lineares e sensíveis que caracterizam a sua obra.

Anabela Mendes

 

exposições..