Novembro 2007

 

Quinta-feira, 15

21h30

 

Centenário do nascimento do poeta Carlos Queiroz

 

Palestra por

GABRIELE BRUSTOLONI

 

Poesia dita por

TERESA LIMA

 

GABRIELE BRUSTOLONI

Natural de Veneza, em 1968 concluiu, em Itália,  a Licenciatura  em Línguas e  Literaturas Românicas.
Possui especializações literárias e pedagógicas em português e francês. 
Em 1964, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa conferiu-lhe o Diploma de Português Superior.
De 1969 a 1979,  foi professor de Língua e Civilização Francesas nos Estabelecimentos do Ensino Secundário do Estado Italiano.
A partir de 1979, já na dependência do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Itália (MNE), presta serviço nos Institutos Italianos de Cultura de Istambul, do Porto  e do Rio de Janeiro,  onde exerce funções de director interino.
De 1994 a 1998 presta serviço na Direcção Geral para as Relações Culturais do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Roma.
De 1998 a 2002 exerce as funções de Subdirector do Instituto Italiano de Cultura em  Budapest, nessa época  dirigido por Giorgio Pressburger,  famoso director de teatro, dramaturgo e escritor de origem húngara.
Presentemente presta serviço na Direcção Geral para os Estados  do continente Americano no MNE em Roma.
Colaborador da Verbo Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura, é autor de inúmeros artigos subordinados à cultura italiana,  publicados em jornais e revistas de Portugal, Brasil e Hungria..
Em 1985 publicou, por conta da Associação dos Jornalista e Homens de Letras do Porto, uma colectânea de poemas em português,  com o título No corpo do tempo com solidão por dentro.

 

TERESA LIMA


Licenciada em Filologia Românica, fez o curso de Arte de Dizer do Conservatório de Lisboa e o Curso de Formação de Actores da Comuna-Teatro de Pesquisa.
Como bolseira do Conselho da Europa, frequentou cursos de voz em França, Bélgica e Suíça.
Como actriz, trabalhou em diferentes Companhias, nomeadamente, Comuna, Novo Grupo e O Bando.
Como professora ou directora de actores, trabalhou com vários encenadores, como Fernanda Lapa, João Brites, Ricardo Pais e Rogério de Carvalho, entre outros.
Actualmente é professora de voz em escolas de teatro e trabalha com o actor João Grosso na concepção e realização de recitais de poesia.
Faz parte da Direcção Artística d’O Bando, sendo responsável pela oralidade de todos os espectáculos desta Companhia.